Apesar da importância histórica e localização estratégica, cidade fica de fora de boa parte dos projetos voltados para o crescimento dos municípios mineiros

Da Cidade Administrativa até a entrada do São Benedito, no Portal da Avenida Brasília, são menos de três quilômetros. A distância que separa a sede do governo estadual de Santa Luzia pode ser curta se medida em metros, mas é gigantesca quando se trata da importância que o Estado dá para a cidade. Ao contrário do que acontece com outros municípios da Região Metropolitana, boa parte dos programas e ações governamentais não chegam até os luzienses.

Nos últimos anos, o Governo de Minas tem investido maciçamente em formação profissional, assistência social, eventos culturais (notadamente gastronômicos) e educação inclusiva. Infelizmente, os moradores de Santa Luzia precisam se deslocar até Belo Horizonte ou cidades vizinhas para terem acesso a esses programas. Tamanho desprestígio pode ser explicado por dois motivos: falta de representatividade do município na política estadual – não há um deputado sequer de Santa Luzia na Assembleia Legislativa ou no Congresso, a despeito do alto número de eleitores luzienses – e ausência de diálogo e cobrança entre os políticos locais e o governo estadual.

Confira alguns programas e projeto realizados pelo Governo de Minas que não contemplam Santa Luzia:

UAITEC

Programa que oferece, de forma gratuita, qualificação profissional por meio de educação à distância, desenvolvida em polos espalhados pelo Estado.

Presente em dezenas de municípios. Na Região Metropolitana, existem unidades em Belo Horizonte (3), Betim, Brumadinho, Caeté, Contagem, Ibirité, Itaúna, Lagoa Santa, Matozinhos, Nova Lima (2), Ribeirão das Neves (3), Sabará, São Joaquim de Bicas (2), Sete Lagoas (2) e Vespasiano.

Projeto Mosaicos

Visa o aprimoramento da oferta de serviços socioassistenciais por meio de formação na modalidade “supervisão técnica” para trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social.

Onde é oferecido: Belo Horizonte, Contagem, Betim, Ribeirão das Neves, Divinópolis, Juiz de Fora e São João del-Rei.

Programa Juventudes

Oferece cursos de qualificação e minicursos de orientação profissional para jovens

Onde é oferecido: em 2018, será expandido para 10 cidades. Curvelo, Diamantina, Divinópolis, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, São João del-Rei, Teófilo Otoni, Paracatu e Uberlândia

Projeto Trampos

Programa voltado para emancipação, autonomia, proteção social e inclusão produtiva de jovens de 15 a 29 anos        para moradores de regiões expostas a situações de vulnerabilidade e risco social.

Onde foi implementado: Belo Horizonte, Betim, Contagem, Ribeirão das Neves e Passos

Geração Esporte

Tem como objetivo educar por meio do esporte, promovendo a cultura esportiva para crianças e adolescentes matriculados em escolas públicas.

Onde será implementado em 2018: Em 200 municípios do Estado, sendo 13 na Região Metropolitana: Brumadinho, Pedro Leopoldo, Congonhas do Norte, Belo Vale, Papagaios, Jaboticatubas, Catas Altas, Igarapé, Ibirité, Barão de Cocais, Sabará, Matozinhos e Sete Lagoas.

Circuito Gastronômico de Favelas

Criado e organizado pelo Serviço Social de Assistência Social (Servas) com o intuito de consolidar e difundir a identidade gastronômica como patrimônio imaterial em comunidades e transformar a gastronomia em eixo de desenvolvimento do Estado, gerando emprego e renda.

Onde será realizado em 2018: Belo Horizonte, Betim e Contagem.

Programa de Revitalização de Distritos Industriais

Fomentar o desenvolvimento industrial e dotar as cidades com melhores condições de competitividade para a indústria.

Onde será implementado: Belo Horizonte, Betim, Contagem, Divinópolis, Governador Valadares, Ipatinga, Ituiutaba, Juiz de Fora, Montes Claros, Pouso Alegre, Sete Lagoas, Uberaba, Uberlândia, Araxá e Araguari.

Prinagem – Programa de Internato em Administração e Gestão Municipal

Organizado pela Fundação João Pinheiro. As prefeituras recebem assessoria técnica de alunos da FJP, que acompanham as atividades das administrações locais e propõem soluções para a melhoria de serviços.

Onde foi realizado em 2017: São Domingos do Prata, Araçuaí, Guanhães, Itaguara, Itamarandiba, Juiz de Fora, São Brás do Suaçuí, Bom Despacho, Capitólio, Conselheiro Lafaiete, Itumirim, Machacalis, Mateus Leme, Moeda, Nova Era, Nova União, Oliveira, Ribeirão das Neves e Rubelita.

Onde será implementado em 2018: Abre Campo, Açucena, Almenara, Barroso, Carmo da Mata, Catas Altas, Catuji, Itaúna, Jequitinhonha, Lassance, Mata Verde, Papagaios, Passa Quatro, Passatempo, Rubim, São Lourenço, São Roque de Minas e Serro.

UAI – Unidades de Atendimento Integrado

Aproximar serviços diretos aos cidadãos. Emissão de carteira de identidade e carteira de trabalho, requerimento de seguro-desemprego, intermediação de mão-de-obra e diversos serviço do Detran.

Onde existem unidades: Araçuaí, Barbacena, Belo Horizonte, Betim (foto), Caratinga, Contagem, Coronel Fabriciano, Curvelo, Diamantina, Divinópolis, Governador Valadares, Juiz de Fora, Lavras, Muriaé, Montes Claros, Paracatu, Passos, Patos de Minas, Poços de Caldas, Ponte Nova, Pouso Alegre, São João del-Rei, Sete Lagoas, Teófilo Otoni, Uberaba, Uberlândia e Varginha.

Utramig – Fundação de Educação para o Trabalho de Minas Gerais

Escola especializada em educação profissional e formação de profissionais em diversos níveis de ensino.

Onde existem unidades: Belo Horizonte, Nova Lima e Uberlândia (com previsão de mais uma em Ipatinga).

Cidades que receberam cursos em 2016/2017: Sabará, Araçuaí, Machacalis, Ribeirão das Neves, Contagem, Natalândia, Brasilândia de Minas, Caratinga, Pains, Betim, Três Marias, Virgem da Lapa, Itaúna, Pará de Minas, Santana do Riacho, Ouro Verde de Minas.

CRER – Caminho Religioso da Estrada Real

Principal rota de turismo religioso do país, criada pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur).

Municípios mineiros envolvidos: Caeté, Sabará, Raposos, Barão de Cocais, Nova Lima, Santa Bárbara, Rio Acima, Catas Altas, Itabirito, Mariana, Ouro Preto, Ouro Branco, Congonhas, Conselheiro Lafaiete, São Brás do Suaçuí, Entre Rios de Minas, Casa Grande, Lagoa Dourada, Prados, Tiradentes, Santa Cruz de Minas, São João del Rei, Carrancas, Cruzília, Baependi, Caxambu, São Lourenço, Pouso Alto, São Sebastião do Rio Verde, Itamonte, Itanhandu e Passa Quatro.

Comments

comments