Presa na manhã desta quinta-feira (7) em sua residência, suspeita de participar do assassinato do jornalista Maurício Campos Rosa, a prefeita de Santa Luzia, Roseli Pimentel (PSB), disse estar tranquila e que confia na Justiça. Em entrevista a jornalistas presentes no Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Belo Horizonte, Roseli afirmou que “os eleitores a conhecem e sabem quem ela é realmente”.

Foto Roseli presa 2

O mandado de prisão preventiva contra a prefeita foi cumprido pela Polícia Civil após ordem expedida pelo desembargador da 5º Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Alexandre Victor de Carvalho, após parecer favorável do procurador de Justiça Henrique da Cruz German. Além de Roseli, foram presos David Santos Lima (conhecido como Nego), Alessandro de Oliveira Souza (conhecido como Leleca) e Gustavo Sérgio Soares Silva.

Em entrevista ao jornal O Tempo, o advogado da prefeita, Marcelo Leonardo, disse que não poderia tomar nenhuma providência por ainda não ter tido acesso à decisão do desembargador. A Polícia Civil informou em nota que o delegado responsável pelo inquérito só irá se manifestar após finalizadas medidas sigilosas relacionadas ao caso. O Observatório Luziense tentou contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Santa Luzia, mas não teve respostas.

Confira o momento da chegada de Roseli ao DHPP. O vídeo é da Rádio Itatiaia.

Fotos: Jornal O Tempo

Comments

comments